JORGE CRAVO

 

 

 

 

Começou a desenhar, por indicação de Mario Cravo, em 1971, para passar o tempo, pois era tido como bom aluno de desenho na escola. Por sugestão dos amigos artistas transformou os desenhos em tapeçarias e fez a 1º exposição em São Paulo na A Outra Galeria, em novembro de 1972. Em julho de 1973 fez exposição na Florinda Galeria em Fortaleza.
Em agosto de 1973 fez exposição na Galeria de Arte Ami em Belo Horizonte. Julho de 1974, exposição no Museu de Arte Moderna da Bahia. Novembro de 1976, exposição na G & W Gallery em Nova Orleans USA. Junho 1978, exposição na Washington World Gallery Washington – USA, a convite da Embaixada do Brasil. Outubro de 1979, exposição na Galeria Itaú – São Paulo. Dezembro de 1979, Prefeitura Municipal de Santos.
Participou de exposições coletivas em Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo.
1º Mostra Brasileira de Tapeçaria no Museu de Arte Brasileira - São Paulo, 1974.
1º e 2º Trienal de Tapeçarias -1976 e 1979 Museu de Arte Moderna São Paulo. 1981 e 1982 Terez Rowley Gallery N. York e Huston.
Exposições avulsas no Shopping Itaigara e Shopping Barra em Salvador.
Tem muitos tapetes em bancos, residências nos Estados Unidos, na Argentina, na Itália, sem falar em São Paulo e Belo Horizonte.

 

                      

 

Para conhecer o acervo do artista, clique aqui.