CURADORIA

 JUSTINO MARINHO

Iniciou suas atividades artísticas na segunda metade dos anos 1960, participando de Salões Oficiais e exposições coletivas.  Sua primeira exposição individual aconteceu em 1976, na galeria da Associação Cultural Brasil Estados Unidos – ACBEU. Posteriormente expôs em diversas galerias e instituições públicas  no brasil e no exterior: Salvador, Feira de Santana, Recife, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Goias, Curitiba e São Paulo, Barcelona (Espanha), Lisboa, Guimarães (Portugal), Macau (China), Los Angeles (USA).  Participou do LXXX Salão Nacional de Belas Artes (1975), Rio de Janeiro, RJ; 1º Salão de Artes Plásticas da Souza Cruz (1976), Automóvel Clube do Brasil, Rio de Janeiro, RJ; IX Salão de Arte Contemporânea de Santo André (1977) Centro Cívico de Santo André, Santo André, SP; 1º Salão de Verão da Bahia (1977) Museu de Arte Moderna da Bahia - MAM-BA, salvador, BA; III Concurso Nacional de Artes Plásticas da Caixa Econômica do estado de Goiás, CAIXEGO (1978), Parthenon Center, Goiânia, GO; 1º Encontro de Artes da Fundação Museu da Cidade do salvador, FUNCISA (1979), Museu de Arte da Bahia, MAB, salvador, BA; 1º Salão de Artes Plásticas do Museu Regional de Feira de Santana (1980), Feira de Santana, BA; IV Salão Nacional de Artes Plásticas (1981), Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (1981), XX Prêmio Internacional de Dibuix Joan Miró (1984), Fundação Juan Miró, Barcelona, Espanha; O Rosto e a Obra nº 7 (1985), Galeria do Instituto Brasil Estados Unidos, Rio de Janeiro, RJ; Velha Mania: Desenho Brasileiro (1986), Escola de Artes Visuais do Parque Lage, Rio de janeiro, RJ; XXXIX Salão de Artes Plásticas de Pernambuco (1987), Recife, PE; Panorama da Arte Atual Brasileira (1988), Museu de Arte Moderna de São Paulo, São Paulo, SP; A Mão Afro Brasileira (1991), Museu de Arte Moderna de São Paulo, São Paulo, SP; 6º ARTEXPO (1993), Los Angelis, Califórnia, USA; Viva Cultura Viva do Povo Brasileiro (2006) Museu Afro Brasileira, São Paulo, SP.

Recebeu o Prêmio de Aquisição da Fundação Cultural do Estado da Bahia, no 1º Salão de Verão da Bahia (1977), Museu de Arte Moderna da Bahia - MAM-BA – Salvador, BA, Prêmio de Aquisição de Aquisição Fundação do Museu da Cidade do Salvador (1978), 1º Encontro de Arte da FUNCISA, Salvador, BA; Prêmio COPENE de Cultura e Arte (1998), Salvador, BA.

Referências Bibliográficas: Dicionário de Pintores Brasileiros – Walmir Ayala; A Mão Afro Brasileira; Outras Cores - 27 Artistas da Bahia – Claudius Portugal, Calaloo – Volume 18 – Universidade da Virgínia – USA; 100 Artistas Plásticos da Bahia – Galeria Prova do Artista, 50 Anos de Arte na Bahia – Matilde Matos.
Outras Atividades: Crítico de Artes Plásticas do Jornal da Bahia de 1975 a 1979, Crítico de Artes Plásticas do Jornal Correio da Bahia desde 1979; Apresentador do Quadro Agenda Cultural do Programa Michelle Marie – TV Bandeirantes, de 1998 a 2002; Comentarista da Radio Educadora da Bahia – Programa Multicultura (Artes Visuais) desde abril de 2013; Curador dos Salões Regionais de Artes Plásticas do Estado da Bahia, de 1992 a 2002, período em que realizou 29 edições do evento, nas cidades de Juazeiro, Feira de Santana, Itabuna, Vitória da Conquista, Porto Seguro, Valença, Alagoinhas, Itaparica e Salvador; Curador de exposições dos artistas homenageados pelos Salões Regionais de Artes Plásticas do Estado da Bahia entre eles, Juarez Paraíso, Raimundo Oliveira, Josilton Tonn, Maria Célia Amado, José Maria de Souza, Walter Moreira, Geraldo Rocha, Carlo Barbosa, entre outros; Curador de Exposições Coletivas de Desenhos realizadas em 1983 e 1984, na Galeria O Cavalete, Salvador, Ba; Exposição Coletiva de Artistas Baianos realizada no Instituto Brasil Estados Unidos, Rio de Janeiro, RJ; Exposição de Artistas Baianos realizada, em 1980, no Café Des Arts, Hotel Meridien, Rio de Janeiro, RJ; Exposição Coletiva “Rio/ Bahia – Nas Águas da Arte, realizada em 1984, na Galeria O Cavalete, Salvador, Ba; Exposição “EXUS”, realizada em 1994, na Fundação Casa de Jorge Amado, Salvador, Ba; Exposição Coletiva de Desenhos realizada em 1983, na Imagem Galeria de Arte, Rio de Janeiro, RJ; Exposição de Fotografias Pérolas Imperfeitas - David Glat, realizada no Museu de Arte Moderna da Bahia, Salvador – Ba, 2009, Museu Afro Brasil, São Paulo – SP, 2010, Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Fortaleza – Ce, 2010, Museu do Estado de Pernambuco, Recife – Pe, 2010, Galeria Archidy Picado da FUNESC – Espaço José Lins do Rego, João Pessoa – Pb, 2010, Museu da Arte Brasileira Fundação Pierre Chalita, Maceió – Al, 2010; Exposição O Desenho Novo, Galeria da ACBEU, Salvador – Ba, 2010, Exposição A Pintura Nova, Galeria da ACBEU, Salvador, Ba.,  Exposição A Escultura Nova, Galeria da ACBEU, Salvador – Ba, 2012;  Exposição  Coletiva S/Título, Galeria  Nelson Dahia – SENAC, Salvador, Ba, 2013; Exposição Arte na Mesa – Dulce Cardoso, Galeria Nelson Dahia –SENAC, 2013. Colaborador de curadoria na escolha dos artistas baianos registrados no livro A Mão Afro Brasileira, editado em 1988 pela Fundação Odebretch e reeditado em 2010 pelo Museu Afro Brasil; Conselheira da Fundação Hansen Bahia, entre 2005 e 2008, Conselho de Orientação Artística – COA, do Museu Nacional da Cultura Afro Brasileira – MUNCAB (Salvador – Ba), desde 2011, Conselheiro do Instituto Sacatar, desde 2011.  Atuou como colaborador da Revista Slogan, Salvador-Ba; Guia das Artes São Paulo – SP; Revista Galeria, São Paulo - SP e Arte Bahia, Salvador - Ba. Jurado, em dezenas de salões de artes visuais, entre eles, Salão da Bahia, MAMBA; Bienal do Recôncavo, Salões Regionais de Artes Plásticas da Bahia, Salão da Marinha, Salão do Banco Capital, Prêmio Brasken.  Membro de comissão para escolha de pauta de espaços como Conjunto Cultural da Caixa, Galeria Cañizares, Associação Cultural Brasil Estados Unidos, entre outros. Atuou como instrutor da Oficina de Preparação para o Projeto AVE (Arte Visual Estudantil), promovido pela Secretaria de Educação do Estado da Bahia e realizado no Museu De Arte Moderna da Bahia , em 2008. Atua como comentarista de artes visuais no programa Multicultura, da Rádio Educadora, desde março de 2013.​